Cidade Super Destaques

Assistência Social, em parceria com a GCM, coordena abordagem conjunta à população em situação de rua

Divulgação/Ascom PMSL

A Secretaria Municipal de Assistência Social está coordenando uma ação de abordagem social com a população adulta em situação de rua. O trabalho conjunto conta com a participação da Guarda Municipal, setores da Prefeitura como Cultura e Patrimônio e ainda a empresa responsável pela limpeza pública em Sete Lagoas. A proposta tem como objetivo a preservação de espaços públicos, orientação acerca dos cuidados com higienização e afastamento social, bem como a oferta de assistência ao público alvo.

A primeira abordagem foi realizada na manhã dessa terça-feira, 12, quando o grupo foi a pontos considerados críticos, onde há aglomeração de andarilhos. Os locais considerados mais graves estão na região central da cidade, onde a denuncia de que os ocupantes estariam provocando a degradação e sujeira dos imóveis e espaços. “É preciso evitar que estes locais sejam transformados em ponto permanente de concentração de moradores de rua. Oferecemos muitos serviços assistenciais para este público para evitar este tipo de situação”, esclarece a secretária municipal de Assistência Social, Luciene Chaves.

Na abordagem social são realizados questionamentos para identificar a situação das pessoas naquele momento, como seu estado de saúde e o motivo de estarem ali, aliado ao caráter educativo com informações sobre o  momento atual e formas de prevenção e cuidado. O trabalho é uma tentativa de reinserção social, já que projetos e serviços da Assistência Social funcionam diariamente e não reduziram a sua oferta nem no período de crise de restrições provocadas pela pandemia do novo coronavírus, tendo realizado apenas adaptações em sua forma de prestação seguindo as diretrizes da saúde. “Temos vários serviços direcionados a este público como acolhimento, Casa de Passagem e o Centro POP, tendo este ultimo como referencia também aos migrantes”, completa a gerente de proteção especial da Secretaria, Larissa Santos.

Nessa terça-feira, 12, as abordagens foram realizadas no Museu do Ferroviário, Praça da Bíblia e em uma área constantemente ocupada no bairro Boa Vista. O trabalho continuou nessa quarta-feira, 13, na praça da Rodoviária, praça Tiradentes e outros pontos da região central.

Parceria da GCM

A Guarda Civil de Sete Lagoas oferece apoio total neste processo de abordagem social. A corporação, inclusive, atualiza constantemente um relatório de registros feitos por cidadãos que denunciam casos de desordem, furtos, consumo e tráfico de drogas, e crimes contra o patrimônio onde moradores de rua são suspeitos. “Nosso trabalho é acompanhado pela Assistência Social e nossa ação tem o objetivo de identificar, orientar e encaminhar essas pessoas ao abrigo municipal ou Centro Pop, onde são oferecidas refeições, acompanhamento psicossocial, e diversas atividades voltadas para a reinserção do morador em situação de rua para a sociedade”, explica o comandante da Guarda Civil, Sérgio Andrade. Quando existe acúmulo de materiais diversos em local público, tudo é catalogado e a retirada é providenciada pela própria GCM. “Isso é importante para evitar proliferação de doenças, como a dengue. Ressalto que em toda operação é resguardada a segurança dos envolvidos”, completa o comandante.

Divulgação/Ascom PMSL
Divulgação/Ascom PMSL

Ascom Prefeitura de Sete Lagoas

 

Eldorado1300

AGENDA

junho 2022
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Redação Redação

Redação Redação

SILVA JUNIOR

Avatar

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado