Barbara Dias Casa Colunistas

Lareiras: dicas e inspiração para diferentes ambientes

No projeto executado pela arquiteta Isabella Nalon, a lareira está presente na área de estar que conecta o living e o espaço de lazer. Internamente, ela conta com tijolos refratários e do lado de fora foi revestida com placas de concreto em alto relevo. | Foto: Luís Gomes

Dos modelos sob medida às opções portáteis, esse item faz toda diferença nos dias mais frios, oferecendo aconchego e um estilo único à decoração

Pode parecer até clichê, mas com o Inverno cada vez mais próximo, ter um espaço para relaxar, sentir-se quentinho e acolhido é tudo o que queremos, não é mesmo?! Se você é daqueles que ama curtir o conforto da casa, chegou o momento certo de usar a decoração ao seu favor e pensar nos detalhes que trarão as melhores sensações na próxima estação. Tapetes fofinhos e mantas são ótimos investimentos para a época, mas já pensou em ter uma lareira?

 

Aquecer o ambiente, deixá-lo mais aconchegante, proporcionar estilo e conforto ao projeto são apenas algumas de suas atribuições e elas têm conquistado cada vez mais o coração dos brasileiros. Entre tantas opções – as portáteis elétricas, a gás, tradicionais a lenha ou ecológicas –, hoje em dia é possível ter sua própria lareira em casa, sem bagunça nem quebra-quebra. Por isso, confira algumas dicas e inspirações!

 

Acerte na Escolha do Revestimento

O primeiro fator a ser observado na escolha da sua lareira é estar atento ao piso e revestimento de parede do ambiente que irá recebê-la. A presença do fogo pode gerar faíscas que, em contato com carpetes ou tapetes, podem resultar em incêndios. Por isso, o ideal é recorrer aos pisos cerâmicos ou porcelanatos perto da lareira, em vez de tecidos ou tramas inflamáveis. Outra opção válida é usar as telas de proteção na parte da frente da lareira.

 

Os revestimentos para as lareiras devem variar de acordo com o conceito e estilo de decoração da casa, mas estão entre os materiais mais comuns: pedra, mármore, concreto, aço, tijolinho, ferro e porcelanato. É importante também conversar com o fornecedor do revestimento antes da execução para saber como o material escolhido reage ao calor do fogo. Alguns podem trincar com a dilatação do calor.

 

Posição da Lareira

A posição da lareira também é determinante para o resultado final do projeto. Há alternativas de canto, central, suspensas ou de parede. As de canto e de parede acabam sendo mais usadas, pois não interferem diretamente na circulação e deixam o ambiente mais livre. As centrais e suspensas, caso haja espaço disponível que permita a sua instalação de maneira correta, trazem ousadia à decoração e costumam ser muito marcantes, decorativas e especificadas com frequência em ambientes externos.

De Olho nas Medidas

De um modo geral, a instalação de todos os modelos pode ser feita na mesma altura: 40 cm do piso para que a chama esteja confortável para a visualização dos moradores. Porém, o tamanho do nicho pode variar de acordo com o tipo de lareira eleita. Para o modelo a lenha, o indicado é 45 cm para a chama, enquanto as versões ecológicas pedem entre 60 a 70 cm a altura do nicho.

 

Escolha do Abastecimento da Lareira

 

Lareira à lenha

Abastecida com lenha, a lareira tradicional precisa de mão de obra especializada para sua execução e requer a execução de chaminé ou duto de exaustão para a saída da fumaça. Por isso, precisa ser pensada durante a construção da residência, caso contrário, a sua concepção posterior demandará uma grande reforma na estrutura do ambiente. Além do projeto para a execução desejada, no mercado ainda é possível encontrar modelos pré-fabricados de alvenaria, metal ou concreto.

 

Em sua estrutura, a parte interna deve ser composta por plaquetas de tijolo refratário e a parte externa pode ser revestida com o material da preferência do morador. Em projetos onde o duto fica escondido, convém adotar materiais resistentes às altas temperaturas e bons isolantes térmicos.

Lareira Ecológica 

Este tipo de lareira usa o etanol ou gel fluído como combustível e é extremamente fácil de instalar, podendo até ser portátil. Como ponto positivo para sua adoção está o fato de ser ecologicamente correta por não produzir fumaça, resíduos ou inalantes. É perfeita para quem mora em apartamento ou não deseja promover uma grande obra –a escolha ainda dispensa a necessidade de prever chaminé ou tubulações específicas.

Lareira a gás

O modelo dispensa o uso de dutos de exaustão e é de fácil manuseio. Se tornando tão prática como acender uma boca de fogão, alguns modelos podem ser acionados até mesmo por controle remoto. Antes de comprar, recomenda-se verificar qual o tipo de alimentação a gás está disponível no imóvel, tendo em vista que o modelo precisa ser compatível. Assim como a versão à lenha, a lareira a gás necessita de mão de obra especializada para instalação.

Com dc33 Comunicação
Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

julho 2022
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Barbara Dias

Barbara Dias

Jornalista com especialização em publicidade e marketing, coordenadora do Portal Sete, editora chefe do Jornal Hoje Cidade e assina o programa Tarde Viva na Rádio Eldorado AM 1300

SILVA JUNIOR

Avatar

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado