Alvaro Vilaça Colunistas Esporte

Confira os destaques da coluna Tempo Esportivo desta terça-feira (12)

O Atlético aguarda o reconhecimento da CBF para sagrar-se tricampeão brasileiro

Galo aguarda a CBF para ser tricampeão brasileiro

 

O Atlético estreou com vitória na defesa do título do Campeonato Brasileiro de 2022 e ainda busca o reconhecimento da conquista de 1937 para se tornar tricampeão da competição. O clube mineiro aguarda o parecer (favorável ou não) do presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues.

A situação tende a ter uma definição ainda neste mês. A cúpula do Galo aguardava o retorno do mandatário da Confederação Brasileira de uma viagem ao exterior. Ednaldo Rodrigues já voltou ao Brasil na semana passada. Agora, o Atlético irá retomar e intensificar as conversas em busca do reconhecimento.

No mês de fevereiro, enquanto era campeão da Supercopa do Brasil, o Atlético elaborou um dossiê para solicitar que o título de “campeão dos campeões” de 1937 fosse reconhecido pela CBF em um processo análogo no qual a Taça Brasil e ao Robertão se tornaram “Brasileiros” em 2010.

As últimas informações de bastidores dão conta de que o dossiê foi engrossado com novas argumentações e contra-argumentações, além de artigos e recortes de jornais da época. Em 1937, o Atlético venceu Fluminense, Rio Branco e Portuguesa num campeonato de turno e returno, se sagrando campeão pela Federação Brasileira de Football (a extinta FBF, que foi fundida à CBD, percussora da CBF).

A intenção do Atlético era que houvesse o reconhecimento oficial da CBF perto do aniversário de 114 anos do clube. Entretanto, houve a reeleição presidencial na entidade, o que atrasou os planos. Ednaldo Rodrigues, candidato único, foi eleito para permanecer no cargo. O Galo chegou a fazer visitas formais sobre o tema ao mandatário. E, agora, novas conversas irão acontecer.

Nos bastidores, há a informação que o departamento técnico da CBF deu sinais positivos para o reconhecimento. O dossiê do Atlético precisa também da aprovação do departamento jurídico e histórico, até a possível canetada definitiva de Ednaldo Rodrigues.

 

 

Tempo Esportivo

 

1º Tempo

 

O Cruzeiro segue a sua caminhada na Série B do Campeonato Brasileiro sob os olhares desconfiados de seus torcedores.

A notícia da saída do atacante Vitor Roque para o Athletico-PR, no início da semana, foi recebida com indignação por parte dos torcedores do Cruzeiro. No Instagram de Ronaldo, vários adeptos celestes protestaram.

“46 mil sócios, muitas falas sobre o Vitor Roque para ele sair a preço de banana? Inacreditável, patrão”, disse um torcedor.

O Furacão pagou o valor da multa rescisória para ficar com o atacante: R$ 24 milhões. Desse montante, a Raposa tem direito a 50%.

Vitor Roque chegou ao Cruzeiro em março de 2019, após uma manobra que envolveu até uma falsa peneira na Toca I. Antes, o atacante defendia as cores do América, clube que detém 30% dos direitos econômicos do atacante. De acordo com membros do estafe do atleta, a Raposa é dona de 50%, enquanto o próprio goleador detém os 20% restantes.

Em 2021, ele assinou seu primeiro contrato profissional com o Cruzeiro. Depois, foi lançado no time principal pelo técnico Vanderlei Luxemburgo. Nesta temporada, o atacante, que já havia virado titular da equipe celeste sob o comando de Paulo Pezzolano, tem seis gols e uma assistência em 11 jogos disputados.

 

 

2º Tempo

 

Para ele não parece haver limite! Mais uma vez decisivo, outra vez herói. A atuação de gala, combinada com dois belos gols na estreia do Atlético no Brasileiro contra o Internacional, no último domingo, confirmou o início de temporada mais goleador da carreira de Hulk. Jogo após jogo, o atacante de 35 anos vai mantendo e até ampliando a média superior a um gol por exibição em 2022. Pouco a pouco, ele galga degraus no ranking de artilharia do clube no século. Já são 13 gols nos 11 jogos iniciais da temporada, média de uma bola na rede a cada 76 minutos (1,18 gols por partida). Um começo de ano que confirma o desempenho decisivo na reta final de 2021. Foram 28 gols nas últimas 28 aparições em campo. Artilheiro e destaque do Brasileiro, Copa do Brasil e Campeonato Mineiro, todos troféus levantados pelo Galo.

A fase atual é mais artilheira da carreira do atacante. Desde que deu os primeiros passos no futebol profissional, em 2004 (no Vitória-BA), só em 2007 Hulk chegou próximo da média de um gol por partida. Na segunda divisão do futebol japonês, pelo Tokyo Verdy, ele anotou 37 gols em 42 jogos – média de 0,86.

Pelo Atlético, Hulk já soma 49 gols. Número que o faz igualar o meia-atacante Luan no quarto lugar do ranking de artilharia do clube no século. Hoje no Goiás, o Maluquinho chegou à marca ao longo de sete temporadas e 305 partidas pelo clube. Hulk, para alcançá-lo, precisou de apenas 79 partidas. Importante ressaltar, claro, que as funções em campo são diferentes.

Hulk mira agora o top-3 do Galo no século XXI. Faltam 10 gols para alcançar o próximo na lista, o atacante Marques.

O líder é Diego Tardelli, dono de 112 gols em três passagens pelo Atlético no século XXI. No ranking geral, liderado com muita folga por Reinaldo (255 gols), ele ocupa a 15ª posição.

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

julho 2022
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

SILVA JUNIOR

Avatar

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado