Saúde

Saiba como Prevenir: Em avanço, 78 casos da síndrome mão-pé-boca já foram registrados este ano em Minas; entenda doença

O dado deste ano também é superior ao total confirmado em todo 2020. Há dois anos, foram 52. As informações são da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG).

A síndrome, que é altamente contagiosa, afeta especialmente crianças em idade escolar, onde a transmissão pode se intensificar.

A doença leva o nome justamente porque as lesões localizam-se nos pés, mãos e interior da garganta. “Em nosso meio, o agente etiológico mais frequente da doença é o vírus Coxsackievirus A16. A transmissão do agente se dá pela via oral ou fecal, por meio do contato direto com secreções de via respiratória (saliva), feridas que se formam nas mãos e pés e pelo contato com as fezes de pessoas infectadas ou com alimentos e objetos contaminados”, informou a SES.

O período de incubação do vírus é de quatro a seis dias e, ainda após recuperada, pode ser transmitido pelas fezes por aproximadamente quatro semanas.

Diagnóstico e prevenção 

O diagnóstico clínico, ainda de acordo com a pasta, é baseado nos sintomas, localização e aparência das lesões. Em alguns casos, os exames e sorologia podem auxiliar na identificação do tipo de vírus causador da infecção.

Ainda não há vacinas contra a doença. Portanto, as medidas de prevenção e interrupção da cadeia de transmissão são importantes no combate à doença, tais como:

  • Lavar as mãos frequentemente com sabão e água, especialmente depois de trocar fraldas e usar o banheiro;
  • Limpar e desinfetar superfícies tocadas com frequência e itens sujos, incluindo brinquedos;
  • Evitar contato próximo, como beijar, abraçar ou compartilhar utensílios ou xícaras com pessoas com problemas de mãos, pés e boca.

Números em Minas

Em 2022, foram 23 casos registrados na Superintendência Regional de Saúde (SRS) de Teófilo Otoni, 17 na SRS Belo Horizonte, 14 na SRS de Ubá, 11 na SRS Diamantina, quatro na SRS de Sete Lagoas, dois na SRS de Divinópolis, duas na SRS de Manhuaçu/Manhumirim, um na SRS de Montes Claros, um na SRS de Itabira, um na SRS de Pouso Alegre e um na SRS de Varginha.

Fonte: Hoje em Dia

Eldorado1300

AGENDA

junho 2022
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Redação Redação

Redação Redação

SILVA JUNIOR

Avatar

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado