Cidade Super Destaques

Escolas estaduais iniciarão ano letivo com mobiliários e equipamentos novos

O Governo de Minas investiu R$ 800 milhões em melhorias para proporcionar mais conforto aos estudantes e ajudar no trabalho de toda equipe escolar

O ano letivo de 2022, que terá início em 7/2, trará novidades nas escolas estaduais de Minas. Num investimento de R$ 800 milhões que beneficiará diretamente milhares de alunos e professores, o Governo de Minas renovou mobiliários e equipamentos diversos. A ação, desenvolvida pela Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) em 2021, já está em fase final de entrega nas unidades de ensino.

Na Escola Estadual Manoel Loureiro, no município de João Monlevade, na Região Central, as salas de aula já contam com carteiras novas e novos equipamentos também já estão em seus devidos lugares, como conta o diretor da unidade de ensino, Joel dos Santos Pereira. “Já adquirimos mais de 90%. Optamos por equipamentos que irão auxiliar principalmente no pedagógico da escola como tela de projeção, data show, impressoras, filtros, geladeira, entre outros. Tudo isso vai aprimorar os projetos que já são desenvolvidos aqui”.

Ainda de acordo com o gestor, a liberação do recurso para aquisição de todos os equipamentos solicitados pela escola foi uma surpresa. “Não era um recurso esperado. Quando veio a lista eu pedi tudo que tinha, esperando receber apenas a metade. Mas houve recursos para tudo que solicitamos.  Ficamos muito felizes, porque estamos entendendo que essa gestão está realizando um alto investimento nas escolas. Estou na rede estadual desde 2003 como professor e na direção desde 2012. Nenhum outro governo trouxe tantos investimentos para a escola como esse”, completa Joel.

Novos mobiliários

Do total de R$ 800 milhões investidos pela SEE/MG, R$ 500 milhões foram para a compra de equipamentos diversos e R$ 300 milhões para a aquisição de mobiliário de sala de aula, que são conjuntos de carteiras escolares para alunos e professores. Foram adquiridas mais de 760 mil unidades de conjuntos de carteiras escolares. A ação visa a substituição de 50% do mobiliário das unidades de ensino.

Em Belo Horizonte, a Escola Estadual Celmar Botelho Duarte recebeu os conjuntos no final de 2021. Os estudantes já tiveram a oportunidade de estrear os equipamentos e o resultado foi muito positivo.

“Antes, as carteiras ficavam um pouco desniveladas, algumas eram quebradas e isso atrapalhava na questão da organização e concentração. Além disso, já cheguei a presenciar assentos se soltarem e ver colegas se machucarem por conta de ferpas.  Pra mim, a chegada das novas carteiras mostra que estão se importando conosco e que querem que a gente se sinta bem na escola. É um estímulo a mais para virmos para a escola”, revela Luiza Aguiar, aluna do 9º ano do ensino fundamental.

Claudia Aparecida Pereira é diretora da escola há dez anos e também destaca que a troca dos mobiliários demonstra uma preocupação da secretaria com o bem-estar dos alunos e professores. “Foi muito bem-vindo para escola, porque sempre houve uma preocupação muito grande com a questão do bem-estar dos nossos alunos e comunidade. É preciso que tenhamos um ambiente favorável para o aprendizado e essas carteiras chegaram em uma hora excelente”, afirma.

Fonte: Agência Minas

Eldorado1300

AGENDA

julho 2022
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Redação Redação

Redação Redação

SILVA JUNIOR

Avatar

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado