Destaques

Empresários mineiros investem em atendimento humanizado e veem faturamento crescer

SURPRESA – Bilhete e café pago por desconhecidos são diferenciais no relacionamento com os clientes da Bolos da Julieta

Tendência antes mesmo da pandemia, mas que ganhou ainda mais força com a crise sanitária, o atendimento humanizado é premissa para as empresas que desejam aumentar o faturamento. Pesquisa do Sebrae Minas aponta que quatro em cada dez empresários já enxergam o contato mais próximo como uma necessidade dos atuais consumidores.

Proporcionar um ambiente amigável, chamar os compradores pelo nome, dar mimos e mandar mensagens no aniversário são apostas dos comerciantes. Eles garantem que os esforços valem a pena.

Que o diga Lara Monte Alto de Tassis, sócia da Bolos da Julieta. Aberta este ano, a cafeteria no bairro Ouro Preto, região da Pampulha, em Belo Horizonte, tem a missão de “cuidar do cliente”. Ambiente calmo, música e atendimento personalizado. Por lá, a pessoa é recebida com uma saudação e chamada pelo nome. Um filtro de barro foi estrategicamente colocado na entrada para que o cliente se sinta em casa. “É um pouco do aconchego que queremos passar”, diz Lara.

Outro destaque é o café surpresa. Na hora de fechar a conta, o cliente pode deixar um café pago e um bilhete para um desconhecido. “Se chega alguém triste, oferecemos um café e a mensagem. A reação é incrível e vai criando uma rede de gentilezas. O atendimento com afeto, carinho e aconchego faz com que o faturamento cresça”, analisa a empreendedora.

Biomédico Thiago Martins

MAIS ÍNTIMOS – O biomédico Thiago Martins afirma que a atenção aos pacientes, com lembranças e mensagens, impacta diretamente no faturamento da clínica de estética

Há 16 anos com uma clínica no bairro Buritis, Oeste da capital, o biomédico Thiago Martins também comemora o relacionamento humanizado. “Faço questão de que sejamos muito mais que uma clínica de estética. Converso com os pacientes, falamos sobre alegrias, dores, conquistas e problemas que vão muito além das queixas com o corpo ou face. Isso nos torna mais íntimos”, conta.

Lembrancinhas e mensagens são enviadas no aniversário dos clientes. Kits com a fragrância utilizada no espaço busca resgatar a memória afetiva ligada à conexão entre Thiago e os pacientes. “Sinto que estou cada vez mais conectado a eles, o que impacta no volume de atendimentos e indicações através do boca a boca”, diz.

Analista do Sebrae Minas, Marina Moura reforça que o sucesso comercial exige colocar o cliente no centro. “É ele quem faz ou não faz o negócio existir. E, hoje, mais do que nunca as pessoas não querem simplesmente comprar produtos e serviços. Elas buscam relacionamento duradouro com as empresas”, destaca.

 

Fonte: Hoje em Dia

Redação Redação

Redação Redação

COMENTAR

Clique aqui para enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eldorado1300

AGENDA

agosto 2022
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Publicidade

ARQUIVO GERAL

Alvaro Vilaça

Alvaro Vilaça

Jornalista, radialista, âncora do programa Tempo Esportivo na TV Sete Lagoas e diretor de programação da Rádio Eldorado AM1300

Redação Redação

Redação Redação

SILVA JUNIOR

Avatar

Cebolinha

Arnaldo Martins

Arnaldo Martins

Colunista do Hoje Cidade a mais de 20 anos, formado em Assistente de Administração de Empresas, funcionário público.

Rádio Eldorado